Arquivo da categoria: it really happens

friday night montación.

@Gui Boratto.sexta31/07.Castelo Brennand.

montacion_banner

… e nós nos perguntamos; o que vestir? Uma aperreia no msn, a outra já sabe o que vai comprar mas o medo é das outras terem the same idea – afinaaaal todo mundo lê o GEstúpidas, a outra não tem roupa (nenhuma de nós nunca tem, afinal)!

Se tem uma montação que me deixa BABANDO é a combinação vestidinho florido+jaqueta biker+carteira à tiracolo+oxford+maxicolar de pérolas. Fica equilibrado, algo romantico e BEM urbano e pede tanto makes leves quanto um mais pesadinho, com boca ou/e olhos marcados.

Tubinhos, saias cinturinha alta bem fluidas e shorts enormes marcaram os anos 90 na base da estampa Liberty – ? oiLondres, com aqueles cintinhos de couro marrom que adoida mamis AMAVA colocar lá no pé da goela MESMO, tudo amarradxénho!

montacion_floraiiis

Farofando os vestidiiinhos com uma jaqueta Biker já fica mais uma montação no estilinho que a gente quer; pra uma badalación moderna, cheia de pessoas interessantes pra prospectar! Masculinizar é essencial, pra não ficar parecendo a namorada do Chico Bento toda florida… QUE JOIIIIINHA!

montacion_biker

Pra complementar, nada mais rico do que aquela carteira a tiracolo, ou até uma de mão mesmo, BEM phyna tipo assim… Chanel? hahahahahaahaha Tenho certeeza que é o matelassê, não o fato da coisinha ser APENAS Chanel que faz a montação ficar Ibiza – segundo o nivel rico de Deborááh!

montacion_chanel

Bem… É uma idéia, né jovens 😉 Eu achei bem trendy e muuderna pra ir pro treco de sexta! mas isso não serve pra nossa amiga Copélia não! uashauhsauhs Ela vai NUUUUUA…

mais guerreiros que praieiros e solteiros

beachclass-bannerSexta-feira. Final-de-semana já dando o ar de sua graça e como nenhum resquício de festa boa estava se manifestando, eu e alguns amigos resolvemos ir à praia relaxar e tomar algumas sem a preocupação de chegar em casa vivo pra não contar a história. As melhores coisas, como já diz o conhecido ditado popular, acontecem no verão: as histórias mais inacreditáveis, as coisas que mais despenteiam, os amores mais improváveis, as amizades mais engraçadas…! Verão ou não… O sol se fez presente nesses dias de relax take your time (8)

Aparentemente, praia é lugar de não se preocupar com nada, esquecer os esquemas habituais e as regras de sobrevivências básicas da cidade. Porém, jovens companheiros eu vos digo: é preciso mais do que bom humor e um fígado saudável pra aguentar três dias como esses que eu passei! Como experiência é algo que serve pra ser passado adiante, vão aqui algumas regriinhas básicas do que NÃO fazer se vc e mais seis amigos irão passar diazinhos numa casa de praia sem papai nem mamãe e nenhum resquício de juizo na cabeça de ninguém – incluindo a sua!

1 – NUNCA. JAMAIS esqueça de fazer uma lista do que comprar no supermercado, antes de viajar. Quando o espírito aventureiro é  grande e comida é a última coisa que se pensa na hora de viajar, todas as sacolas serão preenchidas com nada menos que álcool.

2 – Não deixe pra comprar coisas de última hora. Isso já foi mais do que provável que atrasa horrores a viagem de todo mundo.

3 – Nunca ache que está levando coisas demais na sua mala. Mesmo que você só vá passar um dia fora de casa, levar coisas em excesso é uma ótima forma de não ficar sem ter o que vestir caso todas as suas roupas fiquem manchadas de bebida e vc nem sabe explicar como isso aconteceu.

4 – Não conte  com pedir as coisas emprestadas às suas amigas. Elas PROVAVELMENTE terão o mesmo nível de pensamento e chegando lá ninguém vai ter o que emprestar e vai ter tudo pra pedir!

5 – Nunca deixe de comer nem que seja poeira quando acordar. Sair da cama e ir direto pra caixa de cervejas dá uma inevitável dor-de-cabeça e aquele mal-estar que termina no próximo item…

6 – Não deixe suas amigas vomitarem no banheiro do quarto que vc está dormindo. Ele provavelmente não terá mais o mesmo cheirinho de quando você o encontrou.

7 – Não espere usar camisolas confortáveis e pijamas esburacados pra dormir; os meninos nunca acham que uma noite solitários no quarto DELES é uma boa opção.

8 – Não conte com o quesito DORMIR TRANQUILO numa casa com 7 pessoas ávidas por barulho. Seu sono não será tão terno como quando você está em casa.

9 – Não esqueça seu inãoPod com suas musicas preferidas em casa; ou provavelmente terá que ouvir Psy e Trance o finde INTEIRO, com um único intervalo de pausa para ouvir o cd de forró que as suas amigas bêbadas pediram ao moço da kombi da cidadezinha.

10 – Não ache que colocou protetor solar o suficiente. Recomendo passar a cada duas horas, quando você não sai do lado do isopor com bebidas e da rodinha de narguile, em pleno sol de 40 graus. E quem queria sair de perto?

11 – Não brinque de Fast & Furious na areia da praia. Sempre tem alguém que se incomoda com a juventude alheia e os cavalos de pau dos seus amigos. Provavelmente a polícia vai ser chamada e essa historinha de celular com câmera não deixa que mentirinhas sejam contadas pra livrar a pele de todos vocês!

12 – Não tente cozinhar pra 7 pessoas esfomeadas. A comida vai sair uma porcaria e você ainda ouve gracinha dos seus amigos porque REALMENTE não tinha como aquela papa de macarrão sair decente.

13 – Não se sinta inibido em trancar a porta do quarto quando for ficar sozinho com algum amigo. As outras pessoas provavelmente não vão gostar de flagrar as intimidades que vocês fazem debaixo dos lençóis…

Boa sorte com seus fds praieiros 😉

beachclass-amigas

MM – momento mulherzinha

Ainda que rezemos pra que chegue logo o fds, as preocupações virem poeira e fiquemos naquela ansiedade nojenta de encontrar os boys nas badalacións, é INEVITÁVEL defender uma tarde de fofocas com as amigas – ainda mais quando ngm se vê a não sei quantos mil anos! Quer dizer… Tirando eu e bebê lindo o resto se aplica a essa condição decadente miiii 😦

Não… tudo bem ao estilo sexy&thecity: aquela refeição garbosa, uma conversa amica e muito divertida (cheia de fofoquinhas claro) e muita risada – a diferença é a jovialidade da refeição né, bem McDonalds hahahahahahaha! Depois de muito papo vai, papo vem… Aquele problema básico de toda mulher surge na mesa: a roupa que Rosileide* vai usar na festa de saturday. É babado ! Se a pobrezinha fosse do tipo que escreve em diários… ele estaria escrito com tudo, menos palavras acalentadoras do tipo “querido”… A festa é à tarde e ela, boa garota que é não iria aparecer na frente de todos os amigos do namorado de shortinho e camiseta. Até pq se ela dissesse que ia assim eu afogava ela no copo de Kuat Zero – que aliás tava com aquele gostinho estranho, mas ENFIM! Foco!

OHBOY_diary

Rosileide* estava desesperada, já entrando em profunda depressão principalmente porque tinha uma roupa em casa pra ir, mas decidiu que era muito arrumada pra ocasião. Belo pensamento “Rosileidiiinha”!

As outras meninas foram embora, porque algumas trabalhavam cedinho, outras iam encontrar os namorados e por ai vai… ficamos eu, bebê lindo e a dita cuja catando uma roupa bonita e certa pra ocasião. Fomos em poucas lojas; o lado bom de Rosileide* é que diferente de muuuitas mortais ela sabe o que comprar e não cai na tentação de levar qualquer coisa por conversa de vendedoras ESPERTIIIIINHAS – odeio certos tipinhos enganadoras ECA!

OHBOY_araras

Nossa última – e salvadora – parada no shopping foi a OHBOY, que eu nem sempre coloquei muita fé mas pelo que deu pra ver, enquanto minha sutil e desesperada amiga provava umas peças , a loja com cara teenage até que tem umas tendencinhas verão já que rolaram nas passarelas: nude com cores fluor, estampas gracinhas como essa de esquilinho (oooown), etc. Tinha um navy meio bebê, com cores clarinhas e um listrado fininho, todo fofolengo!

Pra felicidade geral da nação – e escolha da maioria, claro – a aquisição foi uma saia cintura alta e balonê roxa a coisa mais linda e cortês! Bem cara de realeza se usada com os acessórios certos. Ela está nas minhas mãos agora, que eu como boa amiga vou consertar uma coisiiiinha aqui uma ali na saiota, pra minha amiga ir linda e morena pra festinha dela e deixar as outras namoradas caídas de inveja – depois me perguntem como matar invejosas 😉

OHBOY_quecomque

A sintonia de pensamento fashion das três foi bem essa. Eaê, gostaram? hahahahaha

 

* o nome de aline minhaqui foi preservado só pra depois eu tirar onda com a cara dela colocando o nome ahahahahahahahahahaha ! só nao façam a linha “amicos” adicionando ela no orkut, viu?

Matando minhas saudades – que serão cessadas no começo do segundo semestre com a volta de Gossip Girl o/ – me vi catucando pelo youtube atrás da música que era do reclame do seriado: The Fear, da Lilly Allen. A letra é uma porcariazinha, assim como a vidinha fútil que a fia leva. Então ta valendo, né?! Já que segundo a própria, com suas entrevistas mínimas na Warner, esse é o objetivo da música: mostrar o lado fútil da vida CHATA, CANSATIVA e VOLÚVEL de ser uma inglesinha famosa e amar roupas. E beber horrores – mais que umas pessoinhas que eu bem conheço hahahahaha e J-U-N-T-A-S, mostrar as calcinhas e fazer nem queira saber o que pelas ruazinhas britânicas abençoadas pela rainha – creia! ENFIM. O clipe é a coisa mais fofolete do mundo inteiro, com todas as caixas enormes de compras, as cores, o cenário e as roupas que a Lilly usa – e o cabelo dela está mais lindo impossível! Aí você se pergunta: e o kiko?

 

Bom… O kiko é que parte da produção envolvida do clipe serve lindamente de referência conceitual pra futuras produções – quando essa chuva toda passar, obviamente! Nem precisa ser muito high fashion ou esbanjar conhecimento trendy por ai pra perceber as totais semelhanças com o que já estamos encontrando nas vitrines de nossas cúpulas sagradas do consumo – é só o shoopping minha gente:

feminino x masculino

–         cores bem vivinhas da silva – ou Souza! Hahahaha Eu sei que não teve a menor graça, mas meu vício por seriado é imenso e até Two & a Half Man eu tenho que enfiar aqui pelo meio. Quem agüenta viver sem Charlie, quem? Ou o pequeno e gordiiinho Jake? Ou com a chatice de Alan?

–         Conteúdo pin-up

–         Scarpin comes back!

–         Ballerines – que na verdade nunca deixaram meu guarda-roupa 

–         Coques e cabelos a la Panterona Farah Fawcett – pena dela viu! As pessoas só queriam saber de Michael. Me vi obrigada até a ouvir Mariah-brega-Carey cantando…

–         Renda e todas aquelas coisas de caçolas e underwear pra fora

Laços e fitas

e…

Muita delicadeza, heim galera! Vamo brincar de treinar finesse! Até eu aprender a usar decentemente a câmera do meu new phone eu vou ter que jogar as coisas assim pra você… hahahahahahahahahhahaha!

Deu pra notar que é um “versus” entre feminino e masculino, certo? Muito rosa ali, boyfriend jeans acolá… Eu, na minha humilde opinião… sugiro nem uma coisa nem outra! Sou totalmente a favor da junção dos dois: equilíbrio sempre! Em vez de uma produção totalmente fresca e cheia de meninices ou uma eternamente-movimento-feminista, faça valer a lei da moderação – always! Que tal usar uma tiarinha de lacinho com uma camisa masculina e uma saia cintura alta, com um Oxford de salto pra ficar bem linda e rica?

e…

Muita delicadeza, heim galera! Vamo brincar de treinar finesse! Até eu aprender a usar decentemente a câmera do meu new phone eu vou ter que jogar as coisas assim pra você… hahahahahahahahahhahaha!

 

arraiá fashion

“Bem amigos…” MENTIRA! não vo começar assim não né gente! eu d-e-t-e-s-t-o Galvão Bueno e suas palavrinhas já batidas! Bom… Faz muuuito tempo que eu não posto nadica de nada; daí como amanha vou pra Caruaru-capitá-do-forró-maior-são joão-do-mundo hahahahaha com my friends que eu AMOOOO decidi dividir com todos minhas coisinhas que vão na mala – menos a necessaire, pq eu só vou arrumar amanha quando for partxirrr 😉

maliiinha

Ainda aproveitando umas tendenciiinhas das last collections coloquei xadrez, vestidinhos, sobreposição, cinturinha alta e marcada, meia, broche, maxicolar, ankleboots, looks college etc!! Acredito que meus 5 dias juninos não vão me deixar esquecer que eu AMO dar uma de trendy quando posso (hohoho)

Então, jovens… é isso ! vou tentar postar alguma coisa enquanto tô lá na casa de Tati, mas se não… eu posto quando voltar 😉 Vou sair com o celular pra colocar aqui os looks dos matutiinhos viu hahahahaha beeeeejomeliga

tudo que eu sei sobre a falta de sinceridade

É ouvindo “sweet about me”, da Gabriella Cilmi, que eu começo escrevendo aqui no blog – sorte de vocês, porque se eu me inspirasse ouvindo algo da Amy ia dar errado hahahahaha! Eu vou jogar BEM NA REAL e vamos falar de uma coisa que incomoda – e muito – muita gente, mas que de vez em quando é bom ter: sinceridade. Palavrinha complicada essa… Venhamos e convenhamos! A gente nunca sabe quando é melhor usa-la, SE devemos usa-la e em quais situações. Antigamente, lá pra quando eramos pentelhinhas no pré-escolar era tudo tão mais prático: a menininha ficava com abuso da outra, dava umas tapinhas e pronto. No outro dia estavam felizes e de mãos dadas brincando de seja-la-o-que-for… CLARO QUE até o devido momento que uma delas comprou uma Barbie nova ou apareceu com uma roupa mais rosa do que a da outra… Ai tudo era briga novamente! Ê vida boa!

         Crescendo mais um pouco… A coisa já começa a se complicar – geralmente envolvendo algum boy, alguma roupa ou maquiagem que a outra estragou, etc. Mas nada que não saia desse nível high school musical de maldade. QUANDO VOCÊ CHEGA NA FACULDADE a coisa ganha um ar Lindsay Lohan de filmes típicos de chantagem… É triste de se ver! Arêbaba que eu ainda não saí desse tópico – não AINDA. Tenho muitas fofocas e tramóias com cara de Paola bracho pra viver na facul; ainda mais uma como a minha: cheia de garotas, uma querendo pegar a outra pelos cabelos ou dar-lhe uma simplória rasteira na mais serena oportunidade! Legal, né? J

O problema da falta de sinceridade nessa altura da vida é que ela não é muito usada. Seria TÃO mais fácil chegar pra pessoa que você não suporta e falar tudo que tem vontade… Mas não! É bem mais divertido botar pra lascar nela por trás, inventar um monte de coisas a seu respeito ou… Fazer a mais cruel das crueldades – de deixar Nazaré de cabelo em pé e alguma senhora da malvadeza se revirando no túmulo… Se fazer de amiguinha. HoHo! Isso sim é SO CRUEL mas é o que acontece! Eu já cansei de passar por isso ou de ver amigas minhas – como é o atual caso – sofrerem desse mal.

As causas são infinitas: falta do que fazer – o ócio é perigoso, minha gente, a sempre presente inveja, despeito, espírito de ruindade mesmo, se incomodar com a outra pessoa… Enfim! Esse último item pessoalmente é meu preferido de pensar: você é tão magnânima que a outra pessoa se sente menosprezada pelo simples fato da sua existência. UAU! Dá até vontade de sair cantando “sou linda, absoluta” e comprar um Crossfox amarelo… Soy brega Juliana!

Portanto, meninas… Sejam moças phynas e rycas: NÃO SEJAM DESPEITADAS! Aproveitem a modinha siliconada e botem o peito pra frente sendo do jeito de vocês e o mais importante: sem encher o saco das outras pessoas com fofocas ou – por mais que o que você esteja espalhando pelo twitter, orkut etc seja verdade – no mínimo tenha a decência de ficar na sua. Viva a sua vidinha que enquanto você perde tempo falando da outra pessoa só porque ela é mais bonita ou mais popular que você e está pegando o maior gostoso e tesão GATO o mundo gira meu bem… E ele não pára pra você descer.

–         no máximo as portas se abrem e você cai com direito a ser de bunda e tudo! Não faça essa linha, garota! Ficadica 😉

 

xoxo, não-sou-gossip-girl

xô olheiras!!

concealers

Tirar olheiras de um jeito bom, bonito e barato é uma coisa MARAVILHOOOOSA né pessoal – principalmente de forma BARATA! hahahahahahahahahaha É por isso que eu faço QUESTÃO de fugir das marquinhas famosas principalmente pelos preços horrendos mei carinhos e correr pras prateleiras das grandes lojas de cosméticos ou pra quéérida web. O corretivo da Tracta já tinha ganho merecidas estrelinhas no GE; só que pessoalmente eu não tinha testado e num desses passeios com minha frênd Tati pelo shopping ela comprou o tal – com meu conselho, claro! Testamos no mesmo dia. Ela garimpou o Light e  MINHA NOSSA, num é que o corretivo funciona mesmo?! Tirou de verdade as nossas olheiras e ainda espalhou bem pela pele 😉 O councealer Almay – light ivory – já tá na minha segunda rodada de aquisição. A bisnaguinha, além de limpar as minhas manchinhas e as olheiras monstras é prática e cabe na clutche direitiiiiinho, sobrando BASTANTE espaço ainda. E o precinho. MY GOD!!! Apenas dois dollares e pouquinho e megafunciona.

Tá vendo, minha gente… Compra make caro quem quer! O negócio é que ninguém quer se livrar do status que uma marca carésima tem e apela pra gastar mto dinheiro… Pq sinceramente… eu não troco esses corretivos NEM NEM!!! Essa semana eu axo q vo andar pelo shopping novamente… Se eu ver alguma coisinha legal e baratinha eu posto por aqui 😉

xoxo